quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Ônibus e Stress alheio.


Todo dia quando volto pra casa do trabalho, eu espero o ônibus na parada que faz o retorno, pra poder ir sentando e ouvindo minhas músicas no mp4, a parada fica numa avenida de mão dupla, o ônibus passa pelas duas vias na ida e na volta durante o seu percurso, então eu vejo tanto o ônibus que vai, quanto o que ta voltando, e como eu desço no terminal, posso pegar nas duas paradas, mas eu prefiro o caminho mais longo porque ir em pé com ônibus lotado e ouvindo neguinho conversando sobre trabalho enquanto escuto minhas músicas me deixa muito puto. Mas hoje aconteceu uma coisa que merece ser postada aqui no blog :
Hoje o ônibus demorou muito, mais de meia hora, e a parada onde geralmente ele vem vazio, veio cheio, esperei pra cacete e ele ainda vem lotado, enquanto eu olhava os ônibus voltando vazio do outro lado da avenida que geralmente vem cheio, pensei : “vou ficar aqui porque se eu ir pro outro lado esperar, ele vem cheio e na mesma hora vai vim um vazio nessa parada que eu estou!” Fiquei observando passar 4 ônibus vazios do outro lado enquanto nenhum chegava na minha parada, Murphy agiu mais uma vez, mas o melhor aconteceu quando o buzão finalmente chegou. Umas 5 pessoas subiram no ônibus, tinha uma mulher na minha frente na hora de pagar a passagem, ela inseriu o cartão de passagem eletrônico umas 5 vezes na máquina, que não estava aceitando e emitia aquela luz vermelha sempre que inseria, quando a cobradora fala :



Desodorante é para os fracos.


- O cartão não está passando!
- Eu sei que não está não passando, se estivesse eu já teria girado a catraca!
- É, mas não está passando!
- Eu não sou cega, estou vendo que a máquina está recusando, não precisa me avisar!
- Não precisa gritar, você é muito ignorante!
- E você é uma idiota!
- É você!
- É você!!
- É você!!!
- É você!!!!
- É você!!!!!
- É você!!!!!!
-HÁ-HÁ-HÁ-HÁ..
- HÁ-HÁ-HÁ-HÁ.....
Nessa hora todo mundo já olhava pra mulher, bem na minha frente... suspirei profundamente torcendo pra cobradora meter a mão na cara dela e deixar eu passar.
- Eu só vou sair daqui quando esta merda aceitar meu cartão, sua imbecil!
- Imbecil é você e fique calada!
- Fico não!
- Fica sim!!
- Fico não!!!
- Fica sim!!!!
- Fico não!!!!!
- Fica sim!!!!!!
Finalmente o cartão é aceito, ela entra no ônibus puta da vida falando palavras de baixo calão e a cobradora não deixava barato e devolvia tudo que ela falava! Cena hilária! O final da história : Eu ficando em pé no ônibus boa parte do caminho, e pra completar ,quando sento pra ouvir Pink Floyd no mp4, chegam 2 caras e começam a falar de trabalho, bebida, etc.. ¬¬


6 comentários:

Thiago Apenas disse...

Ônibus é simplesmente um local perfeito para criar excelentes posts!

Mr. K disse...

eu tô pensamente seriamente em gravar as conversas das pessoas pra postar aqui, semana passada teve um cara que falou, no mínimo, sem exagero : 90 "Tá ligado?"

Pâmela disse...

Eu já parei de ouvir conversas alheias em ônibus a muito tempo...

Mayra de A a Z disse...

É como costumo falar!ônibus é "MARA" pra nossa criatividade!!
rsrsrsrs....

Ana P. disse...

Por isso que eu prefiro ficar surda e ouvir o trem no último volume.

Gerundino disse...

hahahaha.. q saudades do onibus qnd eu ia pra facu no primeiro ano, cada coisa q eu vi.