terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Vive na carteira e não é dinheiro


Abrindo a série de entrevistas de 2009, convidamos: Andrade, a camisinha.


Já disse que não é esse : - Bom dia Andrade.

Andrade: - Bom dia.

- Me fala um pouco mais sobre.

- Bem, eu sou uma Eros da linha prata, lubrificado e liso.

- Como eu posso observar daqui você foi fabricado em 2005.ainda está na validade?

- Estou sim, por mais um ano.

- Mas diz aí, o que uma camisinha espera do futuro.

- Cara, sou de um adolescente de 16 anos, o Igor.

- Quer dizer que você não é de farmácia?

- Não, sou de uma embalagem com 3 unidades.

- 3?Cadê os outros?

- Ficaram com o seu Alcides, o pai do Igor. Foi ele que 'me deu" para o filho.

- E você tem noticias dos outros 2 da embalagem.

- Fiquei sabendo que foram usados numa aventura extra conjugal do Sr. Alcides...

- Sim, quer dizer que você está com o Igor a 4 anos e ainda nada?

- É minha triste realidade...

- Então o moleque só faz sexo sem camisinha?

- Nada, ainda é virgem o filho da puta!

- Que barra...

- É, e eu esperando o momento que ser envolvido por uma mulher quente e úmida...acabo mofando na carteira dele. É foda.Ou pior, não é foda.

- Realmente...Mas você não vê nenhuma perspectiva de melhora?

- Por incrível que pareça vejo sim.

- Qual é então?

- O pai dele comprou um computador e colocou internet.

- E?

- E ele vive no bate papo, acho que nesses próximos dias deve surgir uma dessas menininhas safadas que vai querer dá pra ele.

- Legal cara.

- Tô até ansioso.

- Boa sorte pra você Andrade, obrigado pela entrevista.

- Obrigado vocês.

- E nossa entrevista fica por aqui. Até mais.


Nota - Ficamos sabendo que o Igor adorou as conversas pela internet com a menininhas.E pensando em conhecer melhor sobre as mulheres, entrou em vários sites adultos e de quebra descobriu que masturbação com camisinha evita um teclado sujo. A mão do Igor foi o único calor que o Andrade sentiu...

Sem revisão

11 comentários:

Ana P. disse...

Isso me fez lembrar que em dois dos livros que eu li recentemente foi citada uma forma de masturbação masculina que até então era desconhecida por mim [não que eu conheça muitas... só que tipo, eu achava que era feito só o básico mesmo e pronto!]

Enfim, a história dizia que os meninos dormem sobre o braço, pra ele ficar dormente e então bater uma punheta pra parecer que é outra pessoa que tá batendo pra ele...

Digo, vc como menininho, ou algum dos comentaristas menininhos, confirma isso, ou trata-se de ficção dos livros [altamente duvidosos, perceba] que eu ando lendo????

valentine disse...

uau, essa técnica aí que a ana falou eu também não conhecia!

hahahhaha

é verdade mesmo?

haha

:*

Mr. K disse...

auehauehuaea.. coitado do Andrade! Qto a essa técnica, da mão dormente, ja ouvi falar mas nunca fiz, mas a da camisinha já, na boa, todo mundo fez!

LaH disse...

ótimo e criativo texto!!!hehehehe

Coitado do Andradezinho... tadinho!!kkkk

Dalleck disse...

Huahuahuahua, "se fodeu"!

Aliás, fica um dilema/paradoxo no ar: Se você fizer sexo com um clone seu, você estará se masturbando ou se fodendo?

Mayra de A a Z disse...

kkkkkkkkkkkk..... muito boa essa!!

E a pergunta da Ana, vai ficar sem resposta?!

Thiago Apenas disse...

Ana P.

Realmente esse lance da mão é verdade, porém nunca tentei.Já a historia do texto eu já fiz(e realmente é melhor) ;)

Já que abriram o leque, e vcs meninas?O básico ou algo mais elaborado?

Mr. K disse...

aguardando respostas das mulheres...

gilgomex disse...

"É, e eu esperando o momento que ser envolvido por uma mulher quente e úmida"

o duro (hã, hein, ah?) é que para ser envolvido por uma mulher ele tem que envolver um... eca!

heuheuheuheuhuee
tadim do andrade, triste fim.

Ana P. disse...

Então, assim, na minha mente pelo menos, num tem como elaborar mto. Acho que as mocinhas procuram mais por objetos, digamos, levemente parecidos com um pau [ou com o que elas imaginam ser um pau, ahuahuhauhauhauhua] para esfregar e sentir alguma coisa diferente. O que nem sempre acontece, ou pelo menos comigo não acontecia, então eu usava mais a minha imaginação e meus dedinhos.

Perceba, mulheres [a maioria, acredito eu] precisam não apenas do estímulo físico. Criar uma fantasia era o que mais contribuía para o meu auto-conhecimento físico, hauhauhuahuahuahuahauhuahauhauhua!!

Gerundino disse...

Bah... o papo tava ficando quente e eu cheguei atrasado... hahahaha que massa q a mulherada não sabia do lance da mão (nunca fiz hahahaha)..

Me lembrei da minha primeira camisinha... Jontex..... 13 anos de idade.. camisinha na carteira, me achando o fodão... ai a embalagem acabou abrindo e qnd eu abri a carteira pra pagar o lanche caiu uma camisinha no chão... vergonhas da minha vida que minha mente tinha bloqueado e vem a tona as vezes.