sexta-feira, 10 de outubro de 2008

A blog to the haven

knock-knockin' on heaven's door


E de repente tudo fica escuro e quieto. Pronto, morri.
Aquela luz...intensa, linda... Putz, não acredito que vim direto pro céu, esses portões dourados,
lindos, e...fechados? Há, vou pular essa por...opa!

-Hã, hã.
-Oi, desculpa aí.
-Você ia pular os portões dos céus? Era assim que pretendia entrar no paraíso???
-Desculpa seu...Deus?
-São Pedro, meu filho.
-Então Pedrão, eu ia...
-SÃO PEDRO!
-Tá bom, tá bom, São Pedro (por isso virou porteiro)
-O que você disse?
-Nada, esquece. Porque eu não posso entrar?
-Você ainda não foi avaliado.
-Avaliado? É pegadinha não é?
-Não, agora é sério.
-Putz, nunca foi bom em avaliações...nem tive tempo de estudar.
-E todo seu tempo na terra? E sua vida?
-Se eu soubesse que ia ter prova aqui tinha estudado não é?! Qual a matéria?
-Matéria?
-É, aposto que é Mercado de Capitais, ou então Financeira II, vou me ferrar...
-Thiago, vamos avaliar sua vida.
-Minha vida??? Me f***.
-Vamos começar?
-É né.
-Sua infância.
-Aí não tem nada de errado não! Se depender disso vou para o céu.
-Com 12 anos você quebrou um dente da sua irmã.
-Ei! foi sem querer.
-Sei...
-Ela me provocou.
-Thiago, ela só tinha 7 anos...
-Então, 7 anos de pura maldade, vivia me enchendo o saco e tal.
-Bem, vamos continuar.
-Certo, agora que fique registrado aí que eu fui inocente na história do dente.
-Você furou o sofá novo da sua mãe.
-Também foi sem querer, o Skate escapou.
-Você estava andando de Skate dentro de casa?
-Sim, pode não?
-Depois colocou a culpa na sua irmã...
-Eu disse que ela era mal! Deve ter me distraído e aí...
-Vamos em frente Thiago, por favor.
-Tá Pedrão.
-Que????
-Err..Desculpa, São Pedro.
-Humfp.
-...
-Você matou vários passarinhos e lagartixas com um badoque (estilingue).
-Seleção natural.
-Que???
-O Sr. sabe, lei do mais forte e tal.
-Thiago, eram pobres criaturas de Deus que não estavam fazendo nada com você.
-É que...tipo...
-Tá, continuando...
-Você já tirou dinheiro da bolsa da sua mãe.
-Sou inocente também, isso foi na época do fliperama e Street Fighter era viciante.
-Prefiro nem comentar, vamos em frente.
-Brincou de pêra, uva , maçã e salada mista com as meninas do seu bairro.
-Inocente. Eu também era de menor.
- ¬¬
-Correu sem roupa pela rua.
-Eu estava muito bêbado, não podia responder pelos meus atos. Portanto, inocente.
-Você acha mesmo que é inocente porque estava bêbado???
-É não é não?
-Deixa pra lá, próximo item.
-Listinha grande hein?!
-E olha que estou pulando de 5 em 5.
- ¬¬
-Ficou bêbado é pediu TODAS suas amigas em namoro no Recifolia.
-Lindo isso, eu espalhando o amor entre todas.
-O nome disso é luxuria...
-E isso é bom?
-Ai meu Deus...Vamos continuar.
-Subiu no telhado do prédio para espiar sua vizinha nua.
-Caraca! Você viu isso?
-Claro, tudo é visto meu filho.
-Gostosa ela, não é?
-Não brinque comigo, a coisa não está nada boa para o seu lado...
-Pô, eu me escondendo para não ser pego e você vendo tudo...que coisa esquisita.
-Vamos lá Thiago?
-Vamos Pedr...digo, São Pedro
-No trabalho, ficou com uma amiga.
-Inocente, o amor a gente não controla.
-Uma semana depois ficou com uma amiga dela.
-Amor demais...tenho que dividir.
-E no mesmo dia ficou com outra, a noite.
-Propaganda boca a boca, sabe como é...funciona que é uma beleza.
-Ai, Ai...
-Acabou?
-Ainda não.
-Ficou com uma mulher em uma outra empresa que você trabalhou.
-Já disse, amor...
-Ela era casada...
-Acho que ela tinha amor de mais para um homem só né?!
-Você realmente não está ajudando Thiago. Não vejo um bom motivo para te deixar entrar no céu.
-E aquela menina que eu amei no final da faculdade?
-Ela tinha namorado Thiago...
-Ninguém escolhe de que vai gostar...
-É, pela 1ª vez você está certo.
-Então, vai abrir o portão?
-É, acho que o perdão vai livrar você dessa vez!
-Uhu!!!Eu vou pro céu! Eu vou pro céu!
-Venha meu filho, o paraíso lhe espera...
-...
-Thiago?
-Mmmm, céu,mmmm Pedrão,mmmmmm...
-Thiago, acorda homem.
-Hã, que foi?
-Você estava sonhando, vamos acabar perdendo a hora.
-Sonhei que estava entrando no céu, e era recebido pelo próprio São Pedro.
-Que lindo... agora levanta.
-Bem, era só um sonho...
-É, meu lindo, já está na hora de irmos.
-É mesmo.
-Vou pedir a conta.
-Vai, vou tomar um banho.
-Vou ter que inventar uma boa desculpa para meu marido.
-Vai mesmo viu, segundo São Pedro falou, quando a agente morre, puxam um SPC/SERASA da nossa vida e o que vem de débito não é brincadeira.
-Credo, e você não tem medo não?
-Eu não, tô com as desculpas todas prontas.E o Pedrão é meu amigo.
-Você não tem jeito mesmo. Safado!
-É por isso que você me ama...


*Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.


Corrigido por Janaina Lima.

3 comentários:

Mr. K disse...

Vou postar alguma coisa depois que terminar de rir...

gilgomex disse...

"Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência."

sei, sei...
disfarça então...

cara, vi uma grande parte da minha vida passando aí. claro que quando eu andei pelado não era pela rua e sim num sítio... e non tava bebado... digo, tava sim, e tinham outras pessoas (sexo feminino) com a mesma quantidade de roupa que eu e... cara, isso dá um post... vou prepara-lo... heuehuehuheuheuheue

Gerunda disse...

kkkkk, texto massa.. vlw pela dica.

-Correu sem roupa pela rua.

Não sei pq isso me lembra o carnaval desse ano, hahahaha.

-Ficou bêbado é pediu TODAS suas amigas em namoro no Recifolia.

Putz... eu pedi em casamento.

-Acho que ela tinha amor de mais para um homem só né?!

é verdade... é amor de mais e a carne é fraca.