segunda-feira, 21 de julho de 2008

Antes só...

Amor.

É difícil lidar com o fato de estar só(sozinho nunca).Acordar todos os dias e saber que no fim da noite vou voltar pra casa e não vai ter ninguém esperando minha ligação de boa noite, ninguém para marca aquele filme no fim de semana , aquela peça romântica de teatro, aquela exposição de arte, alguém para dormir de conchinha e tantos outros programas a dois. A verdade que tirando dormir de conchinha(ou não) dá pra fazer tudo com as amigas. Porém quanto as amizades estão comprometidas é que o "não tenho ninguém" aparece forte, enquanto temos amigos(as) dispostos a passar o fim de semana conosco, dificilmente se sente a falta de alguém.E olha que eu não estou falando da "falta" física(Nisso sempre se dá um jeito)Estou falando de alguém pra dividir as alegrias e as tristezas, as glórias e as derrotas, as verdades e as incertezas.Alguém pra você!
Uma amiga minha diz que eu sou um cara muito exigente(¬¬), porém a mesma me critica quando falo de alguém,digamos...fora dos padrões estéticos e morais da sociedade(vai entender). Sou seletivo e não fanático.Utilizo disto apenas para não tomar decisões precipitadas. E mesmo com esse "cuidado" extra é impossível prever o desenrolar de um envolvimento amoroso, mesmo sendo o ultimo romântico da terra.
Eu enxergo 2 afirmações distintas sobre o amor:
1ª A possibilidade de encontrar a pessoa certa para você é a mesma de um(a) "alma sebosa" dividir a cama com você um dia. Portanto não vale a pena passar a vida inteira filtrando possíveis pretendentes, arrisque viver e saia dessa falsa redoma.
2ª Vai amar alguém?Esteja pronto(a) abdicar de muitas coisas. Mesmo que você não perceba, algumas coisas vão passar e você vai aceitar numa boa só porque ama. Pois em todo relacionamento existe uma balança.De um lado as afinidades e tudo que faz você ouvir sinos(?) quando está com a pessoa amada e do outro lado os defeitos inerentes a todo ser humano. O contra-peso é o amor.Ela que vai te fazer aceitar aquele “defeitinho” do seu(sua)cônjuge.
Voltando então ao ponto principal deste post.Se eu sou uma pessoa legal, inteligente(¬¬), bonito(\o/) "etcetera".Então cadê a tampa da minha panela?

Show de bola essa tampa!


Esperar e deixar que o amor da sua vida te encontre.(Ela por acaso sabe onde eu estou?) ou procurar em meios a tantos a dona do seu coração?(Ô mulher!cadê você?).

Nem sei porque coloquei isso no blog, dos muitos leitores(hauhauhauahuhauahuhau)duvido que alguém se interesse.

Em breve voltaremos com nossa programação normal.

5 comentários:

Mr. K disse...

Nínguem é perfeito pra nínguem rapaz, e não espere nada das pessoas, quando você aprender isso, vai se dar bem.

Janaina M disse...

Você já sabe muito sobre o amor...
Basta agora colocar um anuncio maior :
"Procura-se a tampa da minha panela" ....
rsrsrsrsrsrsrs
Vc vai perceber que nem vai durar muito tempo, um monte de gente ao selado vai se inscrever...

Falando sério:
"Para tudo existe seu tempo determinado..."

mundo a fora disse...

entao é esse! =D
morri de rir com seus artigos

muito bom! parabens!

já conhece o MUNDO AFORA?
tem novidades para vc lá, confira!

sucesso!

htpp://deiamundoafora.blogspot.com

Srta Pecinha de Lego disse...

Pra começar...que fofooo que vc ééé...rsrs..o texto ficou uma graça.Mas acho o seguinte: felizes as frigideiras, pois qualquer tampa serve a elas...e se não servir sempre haverá um papel laminado pra cobrir o resto da comida que sobrou e vc não quer guardar!
Quanto ao Ùltimo Romântico...cara..essa música é minha!

Kel Sodre disse...

Ai... desculpe por invadir o blog assim... Sou leitora do Champ, e lendo os comentários caí aqui...
E me sinto mais inapropriada ainda comentando sobre esse tema, tão pessoal.
Porém, uma vez vi uma frase em um filme(zinho. Comédia romântica água-com-açúcar) que achei muito boa. Diz mais ou menos que a pessoa perfeita não existe. O que existe é você escolher alguém e querer fazer dar certo.
Agora, bom mesmo é quando o outro também quer fazer funcionar!

Visite meu blog! =)